Preencha so campos abaixo.

(opcional)

(obrigatório)

(opcional)











(opcional)

Clippings

Para hóspede brasileiro, comer é melhor do que utilizar internet

Imprimir
Publicado em 07 de Março de 2013 - 11:41

A internet é sempre um serviço muito concorrido em hotéis do País. No entanto, 94% dos clientes priorizam o café da manhã para escolhem um meio de hospedagem, segundo um estudo produzido pelo TripAdvisor divulgado ontem (06).

O wi-fi grátis no quarto aparece em segundo lugar na pesquisa (89%), seguido pela internet gratuita também no lobby do hotel (79%).

Em esfera global, 80% dos viajantes dizem que é importante que as acomodações ofereçam internet wi-fi.

Marco Jorge, gerente de território do TripAdvisor para a América Latina, explica que 64% dos brasileiros hesitam na reserva caso o empreendimento hoteleiro não possua wi-fi.

Vício recorrente
Intitulada TripBarometer, a análise assinala que é comum que os viajantes estejam sempre conectados – principalmente no Brasil.

Os respondentes brasileiros dizem, em 59% dos casos, que navegam na web utilizando dispositivos móveis – número inferior aos 51% da média mundial. Outro dado é que 44% deles encontram atividades de lazer quando em viagens por meio dos dispositivos móveis – 11 pontos percentuais a menos do que o índice mundial.

Completam o rol de amenidades para os brasileiros serviços como fitness center, fator de influência para 42% dos ouvidos, spa (34%) e business center (30).

Mundialmente, diz a pesquisa, pessoas consideram uma média de sete prioridades antes de reservar um hotel.

O estudo
TripBarometer é um questionário on-line aplicado a mais de 35 mil pessoas em 26 países. No Brasil, 1260 usuários responderam, entre hoteleiros e turistas. O material foi apurado entre dezembro de 2012 e janeiro de 2013 e trouxe, entre outras revelações, o apontamento de que 29% dos hotéis pretendem ampliar suas equipes em 2013.

Serviço
www.tripadvisor.com

fonte:http://hoteliernews.com.br/2013/03/para-hospede-brasileiro-comer-e-melhor-do-que-utilizar-internet/

Fotos

Para hóspede brasileiro, comer é melhor do que utilizar internet